15 de dez de 2011

Quarta-feira de muito teatro em Rio do Sul

A quarta-feira, dia 14, ficou marcada pelo forte temporal que caiu em Rio do Sul, mas também por mais um dia de muito teatro. A programação do 16º Festival Catarinense de Teatro começou com a Mostra Teatro na Escola. Os alunos da Escola de Educação Básica Paulo Cordeiro, assistiram o espetáculo “Pagando Bem, Que Mal Tem?”, com o grupo Bagagem Cênica, de Itajaí. O espetáculo foi apresentado também para os alunos da Escola de Educação Básica Regente Feijó, em Lontras.

“Frankstein Medo de Quem?”, com o Dionisos Teatro, de Joinville
À tarde, o Cine Teatro Dom Bosco ficou lotado para a apresentação de “Frankstein Medo de Quem?”, com o Dionisos Teatro de Joinville. Na peça, Victoria Frankenstein dá vida a uma criatura diferente, que começa a conhecer o mundo e seus habitantes e a perceber que esse convívio pode ser assustador. Também descobre a doçura de Melina e a habilidade de Artur, e a vida dessa criatura passa a ser uma mistura de medo, amizade, preconceito e amor. O espetáculo também foi tema de debate.

“barro, da Obra de Manoel de Barros”, com o Teatro em Trâmite, de Florianópolis
À noite, o grupo Teatro em Trâmite, de Florianópolis, entrou em cena na Praça Ermembergo Pellizzetti para apresentar “barro, da Obra de Manoel de Barros”. O espetáculo é todo ancorado no trabalho do poeta sul-matogrossense e fala sobre histórias, personagens e lugares da infância, elementos que aparecem como fragmentos que rompem o tempo e participam do presente. “O espetáculo estreou em 2008, e o desafio maior era não incluir nenhuma palavra. Todo o texto é colagem da poesia do Manoel Barros, tirando uma improvisação e brincadeira que fizemos. E apostamos na simplicidade para dar à palavra o máximo de foco possível”, firma o diretor e ator do espetáculo, André Francisco.

Emoções Baratas (ou Eu te Amo Glória Pires), com Cia. Experimentus Teatrais, de Itajaí
Mais tarde, o palco do 16º Fecate foi novamente a Fundação Cultural. A Cia Experimentus Teatrais, de Itajaí, apresentou “Emoções Baratas (ou Eu te Amo Glória Pires). No palco, o ator, diretor e produtor teatral, Daniel Olivetto, no papel do filho da melhor cabeleireira do bairro que foi criado para se tornar um artista famoso. Em um mundo delirante, ele é cantor e namora a atriz de televisão. Uma misteriosa tragédia familiar coloca em dúvida o talento e a sanidade do personagem. O público deu boas risadas tanto com o filho como com a cabeleireira, num espetáculo onde se misturam drama e humor negro, cultura pop e estética kitsch.
O 16º Fecate também promoveu a oficina “Curso Técnico de Iluminação Cênica/Eletricidade, Equipamentos e Montagem Prática”. O evento segue até dia 18, domingo, com mais espetáculos através da Mostra Oficial e Mostra Teatro na Escola, debates e oficinas. Na manhã de sábado, dia 17, será realizada a Mostra Teatro Lambe-Lambe, na Praça Ermembergo Pellizzetti.

Nenhum comentário: